Skoda

 


A história da SKODA teve origem em 1894 quando o checo Václav Klement adquiriu uma bicicleta alemã. Decidido a pedir informações sobre a sua manutenção escreveu uma carta em sua língua pátria ao fabricante que lhe deu uma resposta simples: “se quiser uma resposta às suas perguntas, escreva-nos numa língua que se entenda”. Cerca de um ano depois, Václav Klement e um amigo, o mecânico Václav Laurin, fundaram a Laurin & Klement que se iniciou na produção de bicicletas para depois se dedicar às motocicletas, em 1899, e posteriormente a triciclos. A primeira bicicleta produzida foi chamada de Slavia. O primeiro veículo de quatro rodas surgiu somente em 1901, embora o primeiro automóvel só tenha surgido em 1905. Além de ser o primeiro automóvel, o Voiturette A, foi um êxito comercial que se tornou num símbolo das primeiras máquinas Checas. Graças ao seu know-how e experiência, a empresa rapidamente alcançou uma posição estável nos mercados globais em desenvolvimento. A fase inicial da produção automóvel revelou ser uma história de sucesso, desde o princípio. O progresso revelou um novo modelo – o Faeton. Em 1925, com o objetivo de fortalecer e assegurar a sua posição e modernizar a fábrica, a L & K se fundiu com a Skoda Pilsen. Era o fim da marca L & K, dando lugar à marca SKODA. Nesta altura, produzia caminhões, autocarros, motores de avião e máquinas agrícolas, além dos carros. Com a fusão a montadora gozou de um enorme progresso, produzindo belos veículos com inúmeros detalhes de requinte e batendo recordes nas competições internacionais. Anos de pesquisa e progresso constantes levaram à produção de automóveis únicos, que vão de encontro aos elevados padrões estéticos e técnicos dos clientes. Este boom começou a durante os difíceis anos da 2ª Guerra Mundial, quando a SKODA tornou-se parte do sistema econômico do Terceiro Reich, tendo seu programa de produção reduzido para permitir a produção de material de guerra. Este período foi seguido pelo socialismo, onde a fábrica manteve-se no lado leste, o que limitou a sua evolução. Renomeada como AZNP Skoda, empresa nacional, obteve o monopólio para veículos pessoais na Checoslováquia. Nas décadas de 50 e 60, novos modelos – Tudor, Spartak e Octavia – são lançados. Contudo, com a chegada de novas tecnologias ao Ocidente, durante a década de 60, a indústria do país começou a ficar para trás. A partir de 1970, o sistema econômico começou a estagnar. A empresa decidiu afirmar a sua posição de liderança apenas no mercado do leste europeu. Um acontecimento marcante deu-se em 1987, com o lançamento de um novo veículo – o Favorit. Em 1991, a SKODA regressou ao passado e ingressou novamente no mercado global, agora sob domínio do Grupo VW. Devido a esta cooperação e a uma nova mentalidade de negócios, a SKODA implementou medidas decisivas para viabilizar a sua modernização. O resultado foi o Felicia, um modelo capaz de fazer frente à competição global. Seguem-se mais modelos de sucesso como o Octavia, Fabia, e o orgulho da empresa, o Skoda Superb. No ano de 2000 foi introduzido o slogan “It’s a Skoda. Honest”.

Deixe um comentário

Nenhum comentário ainda.

Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  • Agenda

    • dezembro 2016
      S T Q Q S S D
      « nov    
       1234
      567891011
      12131415161718
      19202122232425
      262728293031  
  • Pesquisar