Saab

 

Ao adquirir um automóvel SAAB o feliz proprietário está levando consigo um total conceito de segurança, amparado pelo uso da mais alta tecnologia e um designer moderno e atraente. É por isso, que a SAAB durante anos e anos se tornou um parâmetro para a indústria automobilística.
A história
A SAAB, Svenska Aeroplan Akteebolage (em português “Companhia Aeronáutica Sueca”), foi fundada no mês de abril de 1937, por 16 engenheiros aeronáuticos, com o intuito de reforçar a indústria aeronáutica sueca com aviões produzidos nacionalmente. Em 1946, com o fim da Segunda Guerra Mundial e a perspectiva de diminuição da procura de aviões de combate, a empresa tomou a lógica decisão de começar a produzir automóveis de passageiros, criando uma divisão automotiva no ano seguinte. O conhecimento adquirido com a aviação deu a SAAB uma condição única. Em junho, o protótipo do SAAB 92.001 foi apresentado oficialmente a imprensa. Tinha um motor bi-cilíndrico transversal de dois tempos, tração dianteira, uma carroceria extremamente rígida e segura e linhas aerodinâmicas em forma de asa. O modelo fazia transparecer a origem de aviação da SAAB devido ao seu coeficiente de aerodinâmica de apenas 0,32. Era o automóvel com melhor coeficiente de aerodinâmica da época, continuando a fazer inveja a muitos dos atuais carros esportivos.
Em 1949 teve início a primeira produção em série do modelo 92, disponível em duas versões (standard e luxo). Já no ano seguinte o modelo começou a ser exportado para os países escandinavos. Mais de 20 mil unidades deste modelo foram produzidas até 1956. O segundo modelo da marca, o SAAB 93, foi lançado em 1955, e era um automóvel radicalmente redesenhado, com motor 3 cilindros, nova transmissão e pneus “Tubeless” (sem câmara). No ano seguinte foi lançado no mercado o primeiro esportivo da marca, o SAAB Sonett, que pesava 500 kg e atingia 160 km/h. Apenas seis unidades deste modelo foram produzidas. A linha 93 ganhou uma nova versão em 1958, o 750 Gran Turismo, primeiro carro esportivo da marca a ser produzido em série.


No ano seguinte foi à vez do modelo 95, primeira perua da marca, estrear no mercado. A perua podia ter 2, 5 ou 7 lugares. A década de 60 começou com o lançamento do SAAB 96, um recordista de vendas, que até 1980 vendeu 547 mil unidades. No ano de 1966, após a vitória de Erik Carlsson no Rali de Monte Carlo, foi lançado o SAAB Sport, baseado no modelo 96, com três carburadores, um potente motor e freio a disco dianteiro. Foi neste mesmo ano que a marca adotou o cinto de segurança como item obrigatório em todos os seus automóveis, mostrando a preocupação com a segurança, que se tornaria uma verdadeira obsessão ao longo de sua história. Em 1967, com a apresentação do SAAB 99, um carro familiar médio, tem início um período de grandes inovações: limpadores de faróis (1970), pára-choques auto-reparáveis com absorção de impacto e bancos aquecidos (1971) e barras de proteção lateral nas portas (1972).


A SAAB e o construtor de caminhões, também sueco, Scania-Vabis, se fundem em 1969, dando origem a SAAB-Scania. No ano de 1973 foi lançado o SAAB 99 Combi Coupé, desenvolvido e desenhado na forma de um prático cupê. O rebatimento dos bancos traseiros e a larga porta traseira ofereciam uma excepcional versatilidade. A versão turbo deste modelo saiu no ano seguinte. Pouco depois, em 1976, a montadora atinge uma marca histórica, quando em janeiro, o SAAB de número um milhão deixa a linha de produção. Em 1978 foi lançado o SAAB 900 (maior sucesso de vendas da montadora e seu modelo mais longevo), um automóvel de linhas discretas, três ou cinco portas e soluções inovadoras, como o filtro do ar admitido para o interior fazendo com que estivesse livre de potenciais causadores de alergias como a poeira, que ganharia mais duas versões, a Turbo Sedan (1980) e a Convertible (1986).


A SAAB não demorou a introduzir o modelo 900 no mercado americano, ainda neste ano. Mas teve de efetuar algumas modificações para atender às normas locais de segurança, como os faróis recuados, mais protegidos em colisões, e o tanque de combustível reposicionado e feito em material plástico. No final da década de 80, a SAAB começou a incorrer em perdas financeiras o que levou a GM (General Motors), em dezembro de 1989, a adquirir 50% (o restante seria adquirido em 2000) da montadora sueca. Sob o domínio da GM a SAAB lançaria o SAAB 9000 CS, primeiro automóvel equipado com ar-condicionado sem CFC e um dos carros mais seguros do mundo; o modelo 900 em 1993, com inúmeras medidas para tornar o carro um dos mais seguros da indústria; além de introduzir o Night Painel, que escurecia todas as funções do painel, exceto o velocímetro, evitando distração do motorista; e passado dois anos voltava a dar lucro. Nos anos seguintes a montadora lançou no mercado inúmeros modelos que se tornaram sucesso de vendas, fixando ainda mais na mente dos consumidores a marca SAAB. Em meados de 2009, a GM, passando por enormes dificuldades financeiras, anunciou a venda da SAAB para o fabricante holandês de carros superesportivos Koenigsegg.

A linha do tempo
1997

● Lançamento do SAAB 9-5, um sedã grande de luxo.
1998
● Lançamento do SAAB 9-3 (ou 93, conforme proposto originalmente pela montadora), um modelo médio que utiliza a mesma plataforma do Opel Vectra. É disponibilizado em versões sedan, sportcombi e conversível.
1999
● Lançamento do modelo SAAB 9-5 WAGON, primeira perua da montadar em trinta anos. O véiculo tinha uma grande capacidade de carga.
2001
● Apresentação no Salão do Automóvel de Frankfurt do carro conceito SAAB 9X. Pela primeira vez as características positivas de um cupê esportivo, um roadster, uma perua e uma picape foram acomodadas em um único carro.
2002
● Apresentação no Salão do Automóvel de Detroit do carro conceito SAAB 9-3X, que combinava as características de um off-road com um esportivo em um design de um cupê.
● Lançamento do modelo SAAB 9-3 SPORT, a versão esportiva do modelo original.
2003
● Lançamento do modelo SAAB 9-3 CONVERTIBLE, a versão conversível do modelo original.
2004
● Lançamento do modelo SAAB 9-2, um hatchback voltado especificamente para o Mercado americano.
2005
● Lançamento do SAAB 9-7X, o primeiro SUV (Sport Utility Vehicle) da montadora sueca.
● Lançamento do SAAB 9-3 SportCombi, ingressando no mercado de luxo de peruas médias.

As inovações tecnológicas
A SAAB sempre primou pela segurança e alta tecnologia utilizada na construção de seus automóveis. Ao longo dos anos foi pioneira ao lançar inovações que se tornariam um padrão na indústria automobilística. As mais importantes foram:
1962
● Primeiro construtor automobílístico a introduzir os cintos de seguranção como padrão (item de série) em seus carros.
1969
● Introdução dos faróis automáticos que eram ligados ou desligados com a ignição, evitando assim o risco de descarregamento da bateria.
● Introdução da chave de partida entre os bancos dianteiros.
1970
● Lançamento do limpa-vidro nos faróis.
1971
●Introdução dos pára-choques auto-reparáveis para colisões de até 8 km/h.
● Introdução dos bancos dianteiros aquecidos.
1972
● Primeiro construtor de automóvel a introduzir barras de proteção reforçadas nas portas para uma maior proteção em caso de impactos laterais.
1976
● Pioneira em desenvolver um motor turbo com a durabilidade e confiança para a utilização diária.
1978
● Introdução do filtro de ventilação da cabine interna do veículo, diminuindo assim as alergias provocadas por poeira e pólen.
● Introdução da coluna de direção retrátil.
1981
● Introdução dos espelhos retrovisores externos com seção convexa, eliminando o chamado “ângulo morto”.
1985
● Introdução do sistema de ignição direta, eliminando assim os cabos e o distribuidor.
1991
● Introdução do ar-condicionado sem CFC.
1993
● Introdução do banco “Safeseat” com um complexo sistema de segurança.
1996
● Introdução do sistema SAHR que em caso de colisão dianteira posiciona o banco de forma correta controlando todos os movimentos da cabeça e da coluna.
1997
● Introdução dos bancos ventilados.

O museu
O Museu SAAB, localizada em Trollhättan, conta a história da montadora sueca em primeira mão. O visitante poderá testemunhar 50 anos de avanços tecnológicos na indústria automobilística sueca. O protótipo original do primeiro SAAB encontra-se em exposição exposto, assim como uma gama completa de 100 automóveis de produção em série, veículos experimentais e campeões de rali, sendo 60 deles em exposição. O museu apresenta uma grande variedade de modelos: desde o primeiro protótipo construído à mão – SAAB 92001 – passando pelos carros de rali e até aos modelos atuais. Ainda dentro do museu estão os arquivos da montadora – Saab Media Archives (não disponíveis ao público em geral). Existe ainda uma boutique onde o visitante poderá encontrar os mais variados produtos, desde livros a miniaturas com a marca SAAB.

A evolução visual
Os primeiros logotipos da SAAB possuíam um avião, clara alusão ao seu principal produto no início. Depois da fusão com a Scania no final na década de 60, o logotipo muda novamente em 1984. O logotipo circular atual, introduzido no ano de 2000, tem um animal mitológico com cabeça de águia e garras de leão, símbolo da vigilância. O azul de fundo é a cor da marinha.

Campanhas que fizeram sucesso
Uma das mais bem sucedidas campanhas publicitárias do setor automobilístico foi lançada em outubro de 2005 pela montadora sueca SAAB. Intitulada com o slogan “Bron From Jets” (algo como “Nascido dos Jatos”), era baseada nos primórdios e origens da marca como construtora de aviões. Utilizando frases como “Saab was founded by 16 aircraft engineers, and their spirit lives on”(“Fundada por 16 pilotos de avião, e seus espíritos continuam vivos”) e “When you used to build jets, you don’t just build another vehicle” (“Quando você usa para construir aviões, você não constrói apenas outro veículo”), a SAAB apresentava seus veículos destacando suas origens aeronáutica, sempre muito associada a tecnologia, designer moderno e principalmente desempenho. Era uma clara declaração de que seus automóveis descendiam de jatos.
Os US$ 20 milhões investidos na sensacional campanha resultaram em um grande aumento das vendas e um enorme reconhecimento da marca SAAB junto aos consumidores.

Os slogans
Move your mind. (Europa)
Welcome to the State of Independence. (Estados Unidos)
Born From Jets. (2005)
Find Your Own Road.

Dados corporativos
● Origem: Suécia
● Fundação: 1937
● Fundador: Governo sueco
● Sede mundial: Trollhättan, Suécia
● Proprietário da marca: Koenigsegg Automotive AB
● Capital aberto: Não (subsidiária)
● Chairman: Carl-Peter Forster
● CEO: Jan-Åke Jonsson
● Faturamento: Não divulgado
● Lucro: Não divulgado
● Vendas globais: 124.726 unidades (2008)
● Presença global: 60 países
● Presença no Brasil: Não
● Funcionários: 5.900
● Segmento: Automotivo
● Principais produtos: Automóveis
● Ícones: A segurança de seus veículos
● Slogan: Move your mind.
● Website: www.saab.com
A marca no mundo
A SAAB conta com quase 6 mil funcionários, vendendo mais de 124 mil veículos anualmente em mais de 60 países ao redor do mundo. A montadora sueca possui duas fábricas no mundo, localizadas na Suécia e na Áustria. Os mercados mais importantes são os Estados Unidos, Reino Unido, Suécia, Alemanha, Itália, Austrália, França, Holanda e Noruega. As vendas internacionais e a diplomatas (corpo consular), representam um volume considerável e são considerados um de seus principais mercados.

Deixe um comentário

Nenhum comentário ainda.

Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s